Top

Qual é o nome do meu bloco? Uma por todas e todas por uma.

Logo eu, que sempre resolvi tudo sozinha e sempre puxei a responsabilidade para os meus ombros, me peguei PEDINDO AJUDA!
Quando fiz o Curso de Negociação da Escola de Você (que aconteceu em novembro do ano passado na cidade de São Paulo), saí com um mantra na minha cabeça: “Vamos formar uma gangue”! Foi um dos desafios lançados no curso.
Me perguntavam: “Luanda, você tem certeza de que vai dar conta de assumir essa responsabilidade?”
E eu respondia: “Não se preocupe! Em Santo André eu faço parte de um projeto chamado Escola de Você e tenho um grupo de apoio muito forte. É só pedir ajuda que elas estão ali, prontas para ajudar e apoiar! Não tem tempo ruim! Nós temos uma verdadeira gangue do bem, ou nas palavras da Natália, um Clube de Virtudes!”

Quem é controlador sabe do que estou falando. De o plano A, B e C não dependerem exclusivamente da sua própria capacidade, a pessoa nem leva em consideração.
Pedir ajuda? O que é isso? Não posso incomodar os outros com meus problemas.
Eu sempre fui assim, não sabia o que era pedir ajuda. Tinha vergonha, achava que iria atrapalhar.
Mas, no último final de ano, mal sabia eu que muita coisa iria mudar na minha vida. Perdi minha mãe dia 23 de dezembro e precisei amparar e trazer do Rio Grande do Sul para São Paulo dois familiares, e aí começou: correria para procurar emprego e rearranjar os espaços na minha casa. Minha vida deu uma reviravolta enorme.
people-23733_640E mesmo assim as palavras “Eu tenho um grupo de apoio muito forte, é só pedir ajuda que elas estão ali, prontas  para ajudar e apoiar” saiam de maneira tão natural da minha boca que, nessa hora, percebi: mais um “efeito Escola de Você”!
Esse efeito tem aparecido em vários comportamentos e hábitos novos que tenho adquirido: nas conversas em família, no amadurecimento da minha relação com o dinheiro, no exercitar o foco no agora, na educação dos meus filhos e, inclusive, no fortalecimento das minhas relações pessoais, das quais muitas são frutos “daqueles encontros presenciais” das Escoletes❤❤❤!
Vamos ao checklist dos aprendizados em ação. Eu estou:
– aprendendo a pedir ajuda;
– entendendo a dor do outro;
– respeitando mais a mim mesma;
– perdendo o medo de falar em público;
– aceitando críticas sem mimimi;
– focando no que realmente importa;
– melhorando a relação com o dinheiro;
E em tantos outros aspectos!
Bom, meninas! Não tenho como enumerar neste texto todas as mudanças que ocorreram na minha vida, mas posso afirmar que a nossa gangue é poderosa, pois nos grupos de alunas da Escola de Você é assim: quando uma balança, a outra está ali ao lado para amparar.
É muito amor envolvido!  Uma por todas e todas por uma.

Luanda Hepp Alves

Embaixadora

Comentários

  • Grazi
    27 de fevereiro de 2017

    Luanda
    Uma por todas e todas por uma.
    Difícil mesmo enunciar todas asmudnacas,né?
    Adorei sua lista! Siga em frente….um passo de cada vez

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      27 de fevereiro de 2017

      São muitas mesmo, Grasi!
      E ter as es colete na nossa vida faz toda a diferença!!!
      ???

      Responder
      • Luanda Hepp Alves
        27 de fevereiro de 2017

        Grazi!!!

        Responder
  • Roberta
    27 de fevereiro de 2017

    É verdade aos poucos nós vamos criando laços com pessoas incríveis.
    Gratidão pelo depoimento.

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      27 de fevereiro de 2017

      É isso mesmo, Roberta!!!
      Sempre juntas!!!

      Responder
  • Sheila Pereira
    27 de fevereiro de 2017

    PARABÉNS pela evolução, juntas somos mais fortes! E pode continuar a contar comigo também!!! Estamos em todo Brasil!

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      27 de fevereiro de 2017

      Evoluindo sempre, Sheila!!!
      Nossa gangue é demais!!!
      ?

      Responder
  • Zenaide
    27 de fevereiro de 2017

    Seguindo sempre “uma por todas e todas por uma!” Que lindo depoimento! Ainda mais que estive próxima, a “uma quadra” dos acontecimentos e percebendo sua evolução nos encontros que tivemos. Pode contar comigo, que estarei perto pro que eu puder lhe ajudar!

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      1 de março de 2017

      Zenaide! !!
      Sempre nos alegrando com seus “bom dias” e suas maravilhosas dicas sobre tudo… Beijo no coração, querida!!!

      Responder
  • Lais Nashiro
    27 de fevereiro de 2017

    Boa Tarde, Guerreiras!!!
    Luanda, que relato mais belo de transformação que você pôde compartilhar conosco, ao ler seu texto, me veio uma reflexão que gostaria de compartilhar com vocês: o quanto estou comprometida comigo mesma?! Há uns meses atrás, navegava pela internet, fazia 1 milhão de inscrições em diversos sites (sobre autoconhecimento, psicologia, coaching, etc), estourava minha capacidade cognitiva com assuntos que lia loucamente para ver se algo mudava dentro desta cabecinha, criava vários bookmarks (que nunca voltei a acessar), participava de tudo quanto é tipo de grupo no facebook (mas nunca lia nada muito menos comentava), pois eu achava que não tinha tempo. Era uma verdadeira loucura!!
    E tudo mudou para mim quando vi a live da Natalia sobre Soronidade, aqui dentro, algo despertou meu interesse, criei coragem, e finalmente escolhi fazer parte de alguma coisa que realmente fizesse sentido, e olha, que a jornada até aqui têm sido engrandecedora, porque meu interesse não virou desinteresse, porque estou participando ativamente, falo para as pessoas com quem encontro sobre o Escola de Você com orgulho, porque acredito que participar do zap, ler o texto escrito do blog com tanta dedicação e ainda redigir este comentário fortalece os nossos laços, e nos emponderam !!!
    Obrigada pelas palavras !! Beijos e até o próximo dia 04-03!!!!

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      27 de fevereiro de 2017

      Lais!!! Que honra receber um comentário que é praticamente outro artigo!!!
      Agora mais ansiosa ainda para te dar um abraço pessoalmente. ..
      Querida, a escola é assim mesmo: pura transformação de vida!!!
      E os laços que criamos aqui são uma fortaleza!
      Beijossss!!!
      ???

      Responder
  • Adriana Firmino Santos
    27 de fevereiro de 2017

    Lu,
    Que lindo! Somos a prova de que juntas podemos fazer muito mais…sempre ajudando uma a outra, não importa a hora e o lugar.
    Que a nossa extensão de família continue sempre unida!
    Com carinho!
    Adri

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      1 de março de 2017

      Adriiii!!!!
      Que emoção ver sua mensagem aqui… Somos assim mesmo: #umaportodasetodasporuma
      Te vejo na hora do café!!! ???

      Responder
  • Paty Rocha
    28 de fevereiro de 2017

    Lindo depoimento!
    Você é uma verdadeira guerreira?, parabéns por conseguir se transformar e reinventar, mesmo sofrendo uma perda tão importante.
    #umaportodasetodasporuma

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      1 de março de 2017

      Obrigada, Paty!
      A vida nos reserva surpresas, e a perda é muito dolorosa. Mas estou aprendendo a identificar os aprendizados e a renovação nos relacionamentos.
      E pedindo ajuda!!!
      ???

      Responder
  • Adriana Firmino Santos
    28 de fevereiro de 2017

    Ou,
    Que lindo! Sempre estaremos juntas!
    Adri

    Responder
    • Luanda Hepp Alves
      1 de março de 2017

      Responder
  • Scheila Leal
    4 de março de 2017

    Lindo seu post, Luanda! Somos uma Gangue do Bem, um Clube de Virtudes! É muito amor envolvido entre essas Escoletes! Obrigada por seu texto!! Um beijo!

    Responder

Publicar um comentário