Top

Como mudar o rumo da minha história?

Sei que é difícil transpor para as pessoas todo o meu entendimento do fenômeno da existência humana, sobremaneira, a compreensão do viver.
O viver que é tão coletivo, realizado pelos conjuntos de indivíduos, contudo, todo o somatório das coletividades, das várias ordens: da política, da econômica, da religiosa, da filosófica, entre outras, e suas decorrentes, como a sociológica, a histórica e a psicológica, este viver, tão coletivo, tão plural, se compõe, também, das características dos seus indivíduos.
Estas características, se para o todo, ou para parte dele, possa tisnar a limpidez das transparentes águas que embelezam e que dignificam a vida, são pois, estas características, tão só e tão somente só, o conteúdo que se junta, se soma àquele todo. É somente um conteúdo individual, um nada, para aquele todo, mas é, também, uma totalidade para aquela infinitésima parte, que é aquele indivíduo.
Isto vem a propósito de dizer que ainda que se reformem o mundo do MODUS OBJETIVO, qualquer que seja a reforma, não se modificarão as indeléveis marcas das características dos indivíduos, forjados com a sua própria passagem pelos caminhos do seu viver. Contudo, é necessário fazer com que a existência seja boa e significativa, porque o TODO é tudo que é real”.
Para mudar o rumo da história ou qualquer outra coisa na nossa vida, temos que primeiro mudar o discurso e a nossa postura diante do que foi estabelecido”. (SILVA JUNIOR, O. C. da. Outubro de 2017).
Cabe, entretanto dizer que a reavaliação da MUDANÇA de postura diante da vida, conduz o ser a viver o alinhamento do self verdadeiro. Para isso, é preciso tomar as medidas proativas para resgatar a beleza de ter uma imagem ideal de si mesmo e sentir-se bem com quem você é. A medida que nos tornamos mais alertas, encontra-se a alavanca da força da felicidade, o poder que gera a capacidade de viver a essência da plenitude.
É mister saber que você não vai deixar de ser você, mesmo se buscar a mudança de postura diante do que foi estabelecido. A mudança é um desvio de conduta, é o trilho que direciona a vida ao caminho da evolução, numa guerra que precisará ser mais intensa do que a saga de PROMETEU. Assim, haveremos de mudar o rumo da história de quem você é para constituir a imagem de quem você precisa ser.
 
Jaqueline Mamédio é Embaixadora da Escola de Você, Professora, Psicanalista Clínica, Empreendedora na área do Turismo. Fascinada pela busca incessante do conhecimento, com foco no desenvolvimento humano é ativista da política do empoderamento feminino, tendo como base a escola de você, uma bússola que direciona caminhos para fomentar sororidade e inspiração para sermos protagonista de nossa própria história.

Comentários

  • Roberta Alves Santos
    8 de janeiro de 2018

    Que bela reflexão sobre mudança.
    É bom ler posicionamentos que nos fazem enxergar uma situação de uma forma que não imaginamos.
    Parabéns e obrigada pelo texto.

    Responder
  • Bruna Peron
    8 de janeiro de 2018

    Uau Jaqueline, texto magnífico.
    Muito linda e profunda a sua interpretação sobre a mudança. A contemplação entre o indivíduo e o todo!. Agradecida.

    Responder
  • Giuliana Mota de Mesquita
    8 de janeiro de 2018

    Super texto. Parabéns, Jaque!

    Responder
  • Kátia de Fátima Monteiro
    8 de janeiro de 2018

    Olá, excelente texto.
    Palavras bem escolhidas emprestando o desenrolar claro da necessidade de novos olhos de ver a vida!
    Parabéns!!

    Responder
  • Grazi CAVENAGHI
    9 de janeiro de 2018

    ótimo Jaque!

    Responder
  • Alessandra Assumpção
    12 de janeiro de 2018

    Maravilhoso…mudar a postura e a mente para podermos mudar de dentro pra fora e de fora pra dentro.
    Adooorei 🙂

    Responder

Publicar um comentário